Eu vi: Hulk vs. Wolverine

http://www.youtube.com/v/jKo049b9Clk&hl=pt-br&fs=1&color1=0x3a3a3a&color2=0x999999&border=1

Aproveitei o Domingão que passou para assistir a esse embate entre o Gigante Esmeralda e o baixinho Onipre…digo, Canadense! Vou ser sincero… não esperava muito dessa animação, mas já posso abrir o post com minha impressão final: “É ducarai!!!”

A sexta animação co-produzida pela Marvel e pela Lionsgate, estreou nos EUA em Janeiro (e não sei se já chegou por aqui em DVD) e não é um longa-metragem, e sim dois médias. Sob o nome de Hulk Vs., as histórias mostram os embates de Hulk Vs. Thor (com 45 minutos) e Hulk Vs. Wolverine (com 33 minutos), e contam um pouco da história dos personagens.
Eu não assisti ainda a do Thor, mas se seguir os mesmos padrões da história do Wolverine, o elemento principal aí no caso são os coadjuvantes e não o Hulk!!!
Então porque não chamar Wolverine contra Hulk?


A história, no geral, é aquela que está bem batida. O Hulk passa por Alberta, no Canadá, e deixa um rastro de destruição, o departamento H chama Wolverine, seu agente de elite, para ir atrás da criatura com ordem de pará-lo ou matá-lo, os dois acabam tretando. É o relato do primeiro encontro dos dois.
A única diferença é que o Wendigo não aparece.
Aliás, existe uma outra diferença aí. A animação foi muito bem conduzida.
Às vezes fica difícil se livrar dos clichézões dos super-heróis, mas a animação ficou mais com teor de homenagem do que qualquer outra coisa!

A história.

Ela começa com a frase batida “eu sou melhor no que faço e o que faço não é nada agradável” de Wolverine, que está se recompondo numa espécie de cratera deixada pelo Hulk, à partir daí é só porradaria e surpresas!
E que porradaria!
Outra coisa legal é o som. Assitir no home theater fez toda diferença!
Os sons produzidos pela respiração e pelos passos do Hulk ficaram muito graves. Massa!

Logo após uma aparição surpresa envolvendo seus grandes inimigos, o passado de Logan é mostrado assim como foi na história Arma X, escrita e desenhada por Barry Windsor-Smith, onde ele ganha o esqueleto e as garras de adamantium.
Reparem que durante uma cena no laboratório é mencionado que, nessa mesma época, fizeram clones do Wolverine. Entre os vários jarrões onde estão alguns fetos-clones, está a X-23!

Todo resto sobre Wolverine está lá. As lutas com a Lady Letal são as melhores. Me fez lembrar das antigas histórias do carcaju. Ô época boa!
Assim como no filme, Deadpool rouba a cena!
Mas é só isso que eu vou falar sobre os personagens, senão estraga.

Os desenhos e suas movimentações estão muito boas. A qualidade dessas animações da Marvel aumentaram muito.

Aliás, acho que se tivessem usado um pouco a cachola pra funcionar, alguns elementos dessa animação ficariam perfeitas no filme do Wolverine.
Bom, é isso. Se tiverem a oportunidade, assistam! Vale a pena!

Nota:10

Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s